07 Dicas para ter o beijo perfeito


Tudo bem, então talvez o título desse artigo seja um pouco exagerado... O beijo é uma coisa bem particular e pessoal. Cada um faz e gosta de um jeito diferente. E justamente por isso, é ainda mais preocupante: como acertar na hora de beijar? E o mais importante, o que fazer para beijar melhor?
Por que nós sabemos que esse é um assunto delicado, separamos algumas dicas que podem ajudar. Talvez o seu beijo não se torne perfeito na opinião de todos, mas com certeza se tornará muito melhor na opinião da maioria.

1.      Cuide do hálito
Lembre-se que nada, absolutamente nada neste mundo, estraga um beijo tanto quanto o mau hálito. Ele demonstra falta de higiene, falta de respeito para com a outra parte do beijo, e é simplesmente muito desagradável. Então, mantenha uma saúde bucal adequada como seu dentista lhe ensinou, escovando os dentes pelo menos 3 vezes por dia e usando fio dental e enxaguante bucal. Além disso, tenha sempre as salvadoras balinhas no bolso!

2.      Cuide dos lábios
A maioria das pessoas só se lembra que precisa cuidar dos lábios quando chega a hora de dar um beijo e sente aquela textura de lixa na boca. Como eles são muito sensíveis, precisam ser hidratados. Manteiga de cacau é o ideal. Além disso, quando racham – por causa do frio, por exemplo – acumula-se uma camada de pele morta. Isso significa que você precisa exfoliar os lábios, o que pode ser feito com uma mistura simples de azeite de oliva e açúcar, gentilmente esfregados nos lábios. Com a boca perfeita, fica muito mais fácil beijar melhor.

3.      Comece devagar
Quando você começa um beijo, e principalmente se é o primeiro beijo com certa pessoa, é difícil saber até onde você pode ir sem tornar o momento desconfortável para ninguém. Falando com clareza, fica aquela dúvida no ar: quando usar (e quanto usar) a língua? Saliva, pode? Para onde virar a cabeça? E coisas do tipo. Por esse motivo, para evitar qualquer problema, a melhor politica é começar devagar, Então, conforme as reações do seu parceiro, avance – ou espere.

4.      Preste atenção
Prestar atenção na hora do beijo é essencial, não apenas para você poder reagir ao seu parceiro (como vimos no item 03) mas até por respeito. Quando você não está no momento, não se entrega – e se esforça, quando está pensando no jantar enquanto beija, a outra pessoa nota isso. Por consequência, você acaba com a fama de uma pessoa que beija mal, mesmo que o beijo em si não seja ruim. O verdadeiro beijo perfeito é aquele em que ambos estão totalmente envolvidos.

5.      Cuidado com o ambiente
Lembre-se de que, para o beijo ser melhor, é preciso que o ambiente colabore. Nem sempre é possível ter música e fogos de artificio ao fundo, mas ao menos é preciso ter certeza de que existe clima para o beijo naquele momento. Do contrário, você está apenas beijando por beijar, o que definitivamente não vai tornar você memorável.

6.      Beije com o corpo todo
Na hora de beijar, evite a técnica da múmia – que fica parada, enfaixada e presa. Em vez disso, envolva o corpo todo no beijo: aproxime-se, abrace. E, se o casal já for mais estável e íntimo, você pode envolver a outra pessoa inteira também, beijando e acariciando outras partes do rosto e do corpo.

7.      Seja ousado e criativo
Se você sabe como não beijar mal, o segredo para ter um beijo “perfeito” é dar aquele passo a mais. Fazer algo inesperado, romântico ou sedutor. Pode ser qualquer coisa, desde uma mordida carinhosa, até a cena clássica em que o homem inclina a mulher para trás enquanto a beija apaixonadamente. O objetivo é evitar cair na rotina!


E lembre-se: na maioria dos casos, mais importante do que “como” você beija, vale realmente “quem” você beija. Não adianta ter o beijo perfeito e não ter alguém para praticar, certo?